Ads 468x60px

Link list 2

AddThis

16 de setembro de 2012

21

Análise Super Metroid (SNES)





Desenvolvedora > RD&1
Gênero(s) > Plataforma / Ação
Modos de jogo >Single Player
Ano de lançamento > 1994








Chegando mais uma análise fresquinha para vocês Snestalgicos de plantão e a bola da vez será Super Metroid para Super Nintendo confira está ótima Review Super Metroid.
"Muitas opiniões circularam, não só Brasil adentro, mas no mundo todo, sobre este ser um dos melhores, ou simplesmente, o melhor jogo para Super Famicom ,Super Nintendo, Snes, Super Nes, já feito. Também pudera! Obra prima da Nintendo, Super Metroid tem tudo e um pouco mais do que um jogo perfeito precisa para agradar aos jogadores exigentes, segundo crítica dos mesmos e de revistas tanto dá época de seu lançamento quanto das atuais. "

Super Metroid, conhecido também por Metroid 3, é o terceiro jogo da série Metroid, lançado em 1994 para o Super Nintendo. Fora desenvolvido para a Nintendo pela sua subsidiária, RD&1.
O jogo é do estilo plataforma, com elementos de ação e aventura. Nele, você controla a heroína Samus Aran, que vai até um planeta recuperar um Metroid roubado pelos Piratas do Espaço. Durante sua aventura, Samus encontrará aperfeiçoamentos para sua armadura ao mesmo tempo em que procura os chefes e seu objetivo final, o Metroid.



Um jogo que é tão bem concebido que é tido como a exemplo “side-scrolling 2D” misturando plataforma e ação, como se tivesse transferido Castlevania para os jogos modernos onde ao seu decorrer percebe-se áreas que só seriam acessíveis daí a algum tempo, após ter pego certa ferramenta ou adquirir melhoras, isto atiça nosso explorador interior dando à quem joga a necessidade de prestar atenção em cada detalhe. Isso é fascinante.

Super Metroid é um jogo que todos que se dizem fã de Super Nintendo ou “Snestalgico” deve jogar. Foi caprichado em todos os aspectos e é uma parte integrante da saga e de seu desenvolvimento. Vamos fazer uma análise completa desta obra icônica.
“O último Metroid em cativeiro. A galáxia está em paz.” Com estas palavras imortais, uma das maiores aventuras de Samus iria começar.
 O jogo foi o último da série sci-fi Gunpei Yokoi e para muitos seria a série “momento mais reverenciado”. Também conhecidos como Metroid 3, acompanhou a entrada de Game Boy, ou seja, continuação de Metroid II: Return of Samus.

O enredo vê a heroína titular voltando ao planeta Zebes, onde no passado lutou contra a Mother Brain, até que um jovem metroid é roubado de um laboratório de pesquisa. Samus deixou de ser estudada para beneficiar a humanidade, devido às propriedades únicas do Metroid, que poderiam ser aproveitados se forem devidamente estudados. É claro que os responsáveis pelo roubo são nada menos que Ridley, e seus capangas.

O jogo começa em grande estilo. A introdução do jogo é muito misteriosa e facilmente se classifica como das mais cativantes, especialmente no Super Nintendo. Ela mostra cenas de Ceres facilmente visto como um deserto, como as palavras “1994″, “Nintendo”, “Presents”, “Metroid 3″, mostradas em letras vermelhas sobre um fundo preto, entre cada cena. Ela mostra o Metroid encaixadado no tubo de ensaio. Os cientistas estão mortos no chão. É escuro, frio, desolado. A música começa suavemente baixa, com um sentimento muito assustador até que zooms da câmera vai para trás do hatchling e as palavras “Super Metroid” se estampam na parte superior.

O início do jogo é ainda melhor, mas antes que venham as configurações opcionais onde você pode alterar o esquema de controle padrão, como o jogo de alternância cancela sua “escolha” de armas (a opção “auto” irá desativá-las cada vez que você sair de uma sala . Se ativado, você pode cancelar manualmente apertando o botão Y) e algumas opções complexas que incluem “moonwalk ” que é a capacidade de atirar enquanto caminha para trás.

A abertura do jogo é absolutamente excelente. Ela começa com Samus falando sobre seu passado (através de texto na tela), atravessando a história de jogos. Liderando a partir dos acontecimentos de sua vitória sobre Mother Brain, e o metroid perdido que a segue (pensando que Samus é a mãe) em Metroid 2, para os eventos que levam a sua aventura atual. De lá, a nave de Samus é mostrada  através do espaço indo à estação de pesquisa Ceres.

Lá o jogo muda para o modo jogável. Você controla Samus fazendo um caminho através da instalação de desolados e saqueados, incluindo a sala da introdução. Evidentemente, o filhote não é encontrado no tubo de ensaio que foi quebrado. Ao chegar à última sala, a porta se fecha e tudo se silencia. . . . Eu não vou estragar a surpresa, mas ali, seu destino é traçado. 
 

Super Metroid é aclamado pela crítica e amado por fãs por um bom motivo. Foi anunciado como o maior jogo de todos os tempos por revistas muito respeitadas, pois o 1º lugar foi cobiçado no melhor de “Jogos de Todos os Tempos” listados na edição # 150. Depois de Samus pousar no planeta Zebes e começar o jogo, é fácil perceber por que.

O mais impressionante sobre o jogo é definitivamente sua atmosfera. Sua nave aterrissa no planeta durante uma tempestade. Um toque de detalhe. Os gráficos são muito nítidos e a música é apenas porque o planeta parece desolado e frio, sem vida.Super Metroid joga-se como os outros jogos, mas a fórmula foi refinada para dar a este uma sensação diferenciada. Embora não seja tão refinado em comparação com os últimos jogos de GBA, no caso dos botões R & L, independentemente de controle visando diagonal direita e esquerda, que se encaixa bem no controle de Super Nintendo. 

Como todos os títulos de Metroid, você vai encontrar seu caminho através dos vários ambientes (passando por lugares clássicos como Brinstar, Norfair, Crateria e a impressionante subaquática estreante Maridia), pegando power-ups que aumentam suas armas e habilidades que, em por sua vez permitem alcançar áreas do mundo que você não podia entrar antes. Todos os combates, enquanto vários pequenos inimigos que vêm em seu caminho, destruindo-os para pegar energia e descobrir novos power-ups, armas e habilidades para alcançar novas áreas, bem como dar-lhe o poder de derrotar os monstros maiores. 

Algumas portas são abertas apenas por determinadas armas (Vermelhas – cinco mísseis; Verdes -Super Míssel, Amarelas – PowerBomb) e os segredos abundam por todo o mundo do jogo. Como todos os jogos da liga Metroid, o Morph Ball e bombas são parte integrante da experiência. Usando bombas você pode explodir seções e blocos quebráveis em pisos, paredes e tetos mesmo (às vezes, os blocos só podem ser quebrados por uma arma ou habilidade exigida). Estes levam a pacotes que, quando recolhidos tendem a aumentar a quantidade de mísseis e bombas que você pode carregar. O mundo também está repleto de Tanques de Energia, que aumentam a quantidade de energia que você tem de 99 em 99 unidades.

Super Metroid apresenta algumas das mais novas armas da série (sim, incluindo os jogos novos). Especificamente, o Grappling Beam é facilmente reconhecido como uma das armas mais criativas e originais. Não é realmente uma arma, mas uma ferramenta de navegação. Embora possa ser usado para atacar os inimigos (apesar de ser fraco, pode matar certos inimigos com um golpe) você vai usá-lo em grande parte para lutar com determinados blocos.  
Você pode agarrar-se ao bloco e manejar o controle para a direita e esquerda para fazer loops. Existem técnicas divertidas, deve-se simplesmente oscilar em torno do feixe. Ele torna-se um acréscimo muito agradável para a lista de power-ups de Metroid. Outras novas armas legais incluem o Visor X-Ray e Power Bomb, que fez sua estréia.
Super Metroid também tem alguns grandes chefes memoráveis. Kraid e Ridley receberam completos make-overs de sua estréia inicial em Metroid (no original de NES, 1986) e os novos chefes e mini-chefes que foram adicionados e encaixados muito bem no Storyline do game. Todos os chefes são enormes, mas alguns podem ser bastante difíceis.
Um grande problema é que os chefes geralmente podem ser facilmente derrotados com Super Mísseis. Eu quase sinto que este é trapaça, e você deve de alguma forma ser impedido de usar os Super Mísseis nos chefes. Independentemente disso, os chefes são todos muito legais e muito memoráveis. Grandes projetos e muita diversão.
 
 Definitivamente a melhor parte de Metroid são os ambientes. Desde os gráficos para a música, o jogo tem um grande senso de atmosfera. Todas as músicas, especialmente Brinstar e Maridia, são simplesmente grandes clássicos, e todas elas se encaixam muito bem as suas fases. Cada ambiente é único, do tema à base de plantas de Brinstar para a seção de vermelho escuro e misterioso, uma vez que você começa ir mais adentro à Norfair com lava-cheia ou a Maridia subaquática quase se sentindo parte do jogo, principalmente se você estiver numa sala escura e silenciosa.
O jogo em si também é muito bem detalhado. O mundo está cheio de toques de bom gosto. Quando você percorrer o planeta, fazendo seu caminho através do que parece o antigo covil de Mother Brain, aceite-o, obviamente, completamente destruído. Um grande marco do o primeiro jogo! . Alguns segredos são mesmo espelhados a partir do jogo original! E um dos maiores retoques na nova saga Metroid, especialmente Metroid: Zero Mission, é que muitos dos ambientes criados a partir de Super Metroid, por isso mesmo que você nunca jogou este jogo, mas tenha jogado Zero Mission , vai notar alguns toques derivados (lembrando que o Super Nintendo possui apenas 16bits, e o GBA, 32bits) 
 
Samus é bem gostosa ^^
A jogabilidade é divertida como sempre e as novas armas e a maneira como as atualizações do jogo renovam a aparência dos power-ups dos jogos anteriores realmente acrescenta muito (o Space Jump e Screw Attack em particular aspecto é muito inovador). É divertido para apenas passar por inimigos explodir e se joga pela primeira vez você terá muita diversão à procura de segredos e usando habilidades de Samus para encontrá-los.
 Samus tem uma característica única neste jogo que é diferente dos outros e os segredos do jogo são muito inteligentes. Alguns deles são totalmente desonestos e você terá muito tempo de pesquisa antes de terminar o jogo com 100%. O jogo parecerá um tanto datado se você já jogou os títulos mais recentes. Enquanto os segredos são muito benfeitos, eles não são quase tão complicados como alguns dos títulos mais recentes, apesar de alguns utilizarem realmente a inteligência do Speed Booster e que naturalmente inspira seus segredos insanos dos novos Metroid Fusion e Metroid : Zero Mission.  

Um aspecto muito legal do Super Metroid é que Samus realmente tem capacidades escondidas. Estas são habilidades que não são listadas e não o mesmo não diz-lhe como executá-los. Com exceção do salto da parede, que pode ser executada, saltando para uma parede e rapidamente voltar e saltar.

Se você deixar a intro sozinha (depois de você ter vencido o jogo), você pode ver um “sneak peek” de algumas dessas habilidades. O primeiro requer que você selecione o Power Bombs, em seguida pressione R para entrar na tela de habilidades da Samus. A partir daí você pode alternar as habilidades e armas dentro e fora (algo que eu me queixava de não estar disponível em Zero Mission). Um aspecto muito legal do Super Metroid é que você pode misturar e combinar habilidades, transformando algumas e deixando outras.


A mais impressionante habilidade escondida permite Samus recarregar completamente a sua capacidade de saúde. Infelizmente, o jogo é fácil ao ponto onde você provavelmente nunca precisar usar isso de verdade, mesmo que saiba sobre ele. Para isto deve-se ter PowerBombs então só pode fazer esse movimento se tiver cumprido os requisitos determinados.

Você deve ter menos de 49 unidades de energia e mais de 10 mísseis, 10 super mísseis e 11 bombas de alimentação. Para fazer o movimento chamado Crystal Flash selecione a Power Bomb e fique em formato de bola. Então segure L & R e segure o botão de disparo. Samus irá absorver a energia que a rodeia por uma esfera (em posição fetal). Isto irá encher a sua energia ao máximo! (Drenagem de suas armas no processo) e é um truque realmente puro e genuíno.

Infelizmente, porém ( um dos pouquíssimos pontos ruins sobre o jogo) é que essas habilidades ocultas nunca serão realmente necessárias desde que o jogo não é difícil o suficiente. E em cima disso, algumas das coisas novas outros benefícios, como tanques de reserva (que armazenam energia para você quando você coleta e a libera quando necessário), são praticamente inúteis já que raramente estará com pouca energia. O jogo é muito globalmente fácil. É muito ruim que não poderia ter acrescentado, pelo menos, uma seleção de dificuldade. Também não há destraváveis, apenas múltiplos finais.

Enfim, porém, nada realmente importa quando o jogo em geral é tão legal e tão refinado. Super Metroid é um jogo cujas falhas são quase inexistentes. A jogabilidade é a perfeição “Metroidiana”, os gráficos são ótimos, a música é ótima, a atmosfera é única e extremamente bem ajustada e o jogo contém alguns dos momentos mais memoráveis da saga. Super Metroid tem realmente um dos maiores terminais de jogo de todos os tempos. Vale a pena jogar só para ver estas cenas incríveis (e não apenas no final, durante o jogo muitas coisas substanciais acontecem), e é aquilo que você não vai esquecer tão cedo.

 
Independentemente do seu gosto ou os jogos que você tem jogado ou não, Super Metroid é um jogo para que todas as pessoas se apaixonem. Mesmo se você nunca jogou um jogo antes de Metroid, é extremamente acessível e não requer nenhum conhecimento prévio. Super Metroid tem minha recomendação mais elevada, pois é o acompanhamento de um valor relíquio de Super Nintendo! E em quanto bate o Wii, é melhor você acreditar que deveria ser o primeiro jogo em sua lista de consoles virtuais favoritos! Super Metroid é simplesmente um dos melhores jogos já feitos!

*Mapa Completo:


                        Agora o momento mais esperado, a avaliação Snestalgia:



Considerações Finais
Prós: Diversão e Enredo
Contras: Dificuldade Elevada
Nota: 9.3 
No contexto geral o jogo é nota 9,3, levando medalha de prata e Troféu de ouro estando entre os 11 melhores jogos de Snes, destaque para o selo de qualidade Snestalgia que indica valer a pena conferir o jogo.

“Super Metroid é um dos melhores jogos já feitos de todos os tempos, e se você é ainda não o jogou, deveria fazê-lo AGORA MESMO”.

Baixe o jogo(rom) e confira. Click em um dos servidores abaixo para fazer o Download:




Todo o Jogo (Rom) de Super Nintendo precisa de um emulador, caso não tenha, baixe agora mesmo clicando Aqui

Créditos:

SNES forever nos anais da história. By:
Juan A. Dias

21 comentários:

  1. Nossa, muita boa sua análise.
    Bateu uma nostalgia e a vontade de jogar de novo. ehehehe

    ***
    Patrícia Araújo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Patrícia, que bom que gostou baixe e se divirta^^

      Excluir
  2. Nossa eu vendo isso me fez ver que tô velha kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Otima analise exigente rs.
    Nunca joguei esse jogo o último jogo que joguei
    foi Sonic (alguém se lembra?) kkkk
    Mas enfim vou baixar esse jogo para eu jogar
    pra ver se dou a mesma nota que vc rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa sonic é da concorência kkkk mas era maneiro também

      Excluir
  4. Adorei o Blog. *-* Fiz um post sobre jogo também se quiser dar uma olhada
    http://dear-innsanity.blogspot.com.br/
    Me siga se quiser ><

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vi seu post e gostei, confira minhas outras análises sei que vao gostar

      Excluir
  5. Realmente é um grande jogo baixei e estou jogando :)

    ResponderExcluir
  6. nunca gostei desse jogo, curto jogar os rpgs, breath of fire e jogos semelhantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. RPG's são meu preferidos também logo logo estará pronto as análises sobre os RPG valeu por acompanhar o blog ^^

      Excluir
  7. Nuca gostei muito de metroid , mas uma coisa é certa seu post ficou perfeito , muito bem explicado , realmente nostálgico , estou esperando falar de Zelda ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode deixar que Farei o seu Pedido já que você foi o primeiro que fez um pedido aqui no blog, será feita a sua vontade :)

      Excluir
  8. meu jogo favoritooo... foi uma honra ajudar com a reviem de Super Metroid.

    ResponderExcluir
  9. EL CREADOR DO METROID TUVO MUITA IMAGINACION EN 1994 PRA FAZER UN JOGO TAN BOA!!!

    http://www.metroidmetal.com/songs/

    ResponderExcluir
  10. jogueii muito zereii varias vezes enclusive sereii 100% quanto nao fiz isso nao me assusegueiii ..ainda hoje pra min foii um dos melhores jogos que jougueii ele tem muita estrategia e muito massa de mais ...... sou fã do nitendo e tenho um ate hoje em minha casa e emulador no meu pc mais nada supera os graficos do game original nenhu emulador

    ResponderExcluir
  11. jogueii muito zereii varias vezes enclusive sereii 100% quanto nao fiz isso nao me assusegueiii ..ainda hoje pra min foii um dos melhores jogos que jougueii ele tem muita estrategia e muito massa de mais ...... sou fã do nitendo e tenho um ate hoje em minha casa e emulador no meu pc mais nada supera os graficos do game original nenhu emulador

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada nunca vai superar o SNES isso eu concordo com você ^^

      Excluir
  12. Juan boa análise, ja zerei e ontem não resistir e joguei no meu velho snes o ruim é que não salva xD, acho que também é um dos melhores jogos.

    ResponderExcluir
  13. Chegando mais uma análise fresquinha para vocês Snestalgicos de plantão e a bola da vez será Super Metroid para Super Nintendo confira ... isupernintendo.blogspot.de

    ResponderExcluir
  14. Poxa, joguei demais esse jogo, o melhor jogo que eu já joguei na minha vida!!!!
    Juan, você sabe me dizer alguma coisa sobre esse jogo nas versões para celular. ? Apps pra celular ... iOS mais especificamente, não achei na AppStore ������

    ResponderExcluir

*Se gostou do post comente, sua opinião é muito importante.
*Comentários com links ou palavrões serão excluídos.

 

Seguidores