Ads 468x60px

Link list 2

AddThis

14 de outubro de 2013

12

Análise UnderCover Cops - Super Famicom (Snes)


NOME: Undercover Cops (アンダーカバー コップス)
DESENVOLVEDORA: Irem
PUBLICADO POR: Varie
GÊNERO: Beat'em Up
MODOS DE JOGO: Single Player (infelizmente...)
ANO DE LANÇAMENTO: 1995
MÍDIA: Cartucho (16 Mbit)
DOWNLOAD: Undercover Cops
Hoje a JapanOstalgia quadro do blog que nos mostra jogos que foram lançados "apenas" no Japão traz uma perola dos jogos de Super Nintendo, Unvercover Cops um Beat'em Up frenético, então pegue facas, canos, porretes, peixes gigantes e postes e borá ver o post até o fim.
Briga de Rua, Tretinha, Porrada, Luta de Lado, Anda e soca etc. Todos estes nomes descrevem um gênero de jogo que fez muito sucesso no início da década de 1990, o Beat'em Up. Tínhamos títulos de peso como Final Fight da Capcom, Streets of Rage (Bare Knuckle no Japão) da Sega, Double Dragon da Tradewest e o semi-impossível Battletoads também da Tradewest. Nesse meio na tentativa de abocanhar um pouco dos lucros desse gênero a Irem, famosa pelo shooter R-Type (que eu gosto e muito) decidiu colocar nos arcades japoneses o game Undercover Cops.


O game foi lançado nos arcades japoneses em 1992 e no mesmo ano cruzou o oceano desembarcando nos EUA, mas somente três anos depois em 3 de março de 1995 pelas mãos da Varie o game ganhou sua versão caseira exclusiva do SNES que só teve vida em território japonês e embora uma versão ocidental estivesse em produção a mesma foi cancelada. Agora vamos assistir ao vídeo de abertura do game?


Durante esta análise vamos deixar de lado a versão dos arcades lançada nos EUA, pois a mesma sofreu algumas alterações em nomes ou ataques e como esta não foi portada pra SNES vamos trabalhar somente com as versões japonesas.

Agora iremos mostrar partes da história do jogo, está avisado,depois não venha com mimimi

ENREDO
No ano de 2043 (perto heim) a cidade de Nova York teve seus índices de criminalidade aumentados de forma astronômica. Tudo isso graças ao Dr. Clayborn que decidiu tomar a cidade com centenas de criminosos ao seu lado.
Autoridades reunidas discutindo a licitação pra contratar os
City Sweepers
Vendo as forças de defesa sucumbir os engravatados do alto escalão decidiram recorrer ao plano B que consiste em usar os City Sweepers pra "limpar a cidade", ou seja, eles decidiram juntar um grupo de seres mal encarados com aparência de criminosos, com músculos em lugar de cérebro pra descer a porrada nos bandidos e no Dr. Clayborn pra então restaurar a paz na cidade, ou no que restar dela rsrsrsrs.


Bom até aí tudo nos conformes de um Beat'em Up onde a polícia, o exército e tudo quanto é força de defesa não consegue mandar bala nos trombadinhas bombados e sobra pra alguém sair na rua e quebrar tudo quanto é bandido na pancada... Mas Undercover Cops tem alguns elementos bem incomuns tanto nos personagens principais quanto nos inimigos e mais adiante vamos tentar descrever e mostrar um pouco disso (eu espero...).

PERSONAGENS

OS CITY SWEEPERS


Já deu pra perceber que ninguém aqui está de brincadeira.

Os City Sweepers são os personagens principais do game e é com eles que você vai descer pancada em tudo que aparecer na tela tentando te matar. Assim como em muitos beat'em ups era de se esperar por três personagens com características distintas tanto no visual quanto na jogabilidade. São eles:
City Sweeper 001 - Zan Takahara
Codinome: Lightning Slasher
Origem: Japão
Data de Nascimento: 06 de janeiro de 2011
Idade: 32 anos
Altura: 1,77m
Peso: 78Kg

Tipo Sanquíneo: A+


Zan é faixa preta em Karatê e embora mestre na arte foi banido dos torneios e competições oficiais por matar um homem em legítima defesa. É o personagem equilibrado do game com boa velocidade e força (seria algo como o Cody ou o Guy do Final Fight) e seu ataque especial consiste em disparar diversos fireballs (bolas de fogo) nos inimigos. Com certeza o personagem mais indicado pra iniciantes.


Olha a cara de encrenca do japa kkkkk, se eu encontrasse um sujeito assim na rua eu saia correndo (ou até voando) porque na certa ele iria me dar uma surra sem causa, motivo, razão ou circunstância.... Só pra você ter uma ideia, ao invés de socos Zan já chega metendo o pé na boca dos bandidos e se ele agarra um deles enche o cara de bolacha e joga longe literalmente.
City Sweeper 019 - Matt Gables
Codinome: Fire Ball Crusher
Origem: EUA
Data de Nascimento: 04 de julho de 2018
Idade: 25 anos
Altura: 1,95m
Peso:118Kg

Tipo Sanguíneo: B+


Matt é um ex-jogador de Futebol Americano que se tornou City Sweeper após ter sido falsamente acusado de assassinato. Matt é o mais poderoso personagem do game, mas é muito lento (compare-o com o Haggar do Final Fight, mas sem os pilões) ele é também o único personagem que corre ao invés de deslizar pra frente. Em seu ataque especial Matt percorre o cenário em movimentos verticais acertando tudo que estiver ao seu redor. Este seria o personagem recomendado aos jogadores mais experientes já que por sua pouca velocidade as coisas ficam mais difíceis porque muitos inimigos tem o péssimo hábito de correr em sua direção.


Sinceramente Matt é aquele seu amigo fortão que você faz uma piada dele e ele nunca entende direito, mas você não iria querer brigar com ele porque um soco provavelmente te mandaria pro além... Com certeza você ao olhar pra foto dele já imagina que ele deve ser bom somente em esportes e cérebro ali não existe... Acertou em cheio kkkkkkk.

City Sweeper 189 - Rosa Fellmonde
Codinome: Blue Gale Revenger
Origem: Inglaterra
Data de Nascimento: 24 de janeiro de 2021
Idade: 22 anos
Altura: 1,69m
Peso: SECRETO
Busto, Cintura e Quadril: SECRETO

Tipo Sanguíneo: AB-

Rosa é uma vigilante que teve o noivo assassinado por bandidos (provavelmente o cara não sabia dar porrada igual a ela kkk). Rosa é a mulher do game e como sempre é mais rápida que todos os personagens, porém tem golpes mais fracos (compare-a com a Maki ou a Lucia dos Final Fight 2 e Tough) e mesmo assim é agradável jogar com ela por conta da agilidade. Seu ataque especial consiste em lâminas de vento que passam de um lado ao outro da tela.

Ahhhh Rosa... Finalmente uma mulher bonita no meio dos caras medonhos que aparecem nesse game. Engraçado seu peso e medidas corporais aparecerem como SECRETO em seus dados, dizem que o último cara que tentou descobrir está até hoje na UTI kkkkkkkkkkk.

E pra quem quer mais um incentivo pra jogar com ela, aqui tem mais um:
Não sei vocês, mas eu topava levar umas pancadas dela kkkkkk

OS CHEFES
Os chefes de cada fase em Undercover Cops com certeza são a parte mais engraçada do game. Ao invés de enfrentar caras mal encarados com músculos até nos dentes você vai encontrar robôs, gordas com roupa de couro, homens topeiras, caveiras, etc... É isso mesmo tem um bocado de gente má rendendo mais risadas do que se imagina. Agora você irá conhecê-los, mas não dê risada na frente deles, pois eles são maus e vão te bater por isso:
Parcs: Essa coisa que parece um alien com roupa de luta livre é o primeiro chefe do jogo (Também me lembra o Nemesis de Resident Evil). Na verdade Parcs é um ciborgue no estilo Exterminador do Futuro com direito a esqueleto mecãnico, mas bem desengonçado. Não é difícil sobreviver a luta contra Parcs, basta se manter longe dos contra ataques e se aproximar por cima ou por baixo nunca de frente. Curioso que Parcs é o único chefe que pode ser derrotado de duas formas, ou descendo porrada até ele cair ou jogando-o no compactador de lixo gigante no canto direito da tela.

NOTA: Só tome cuidado pra não cair no compactador porque você também pode morrer instantaneamente.


Fransowors: Essa coisa gorda com roupa colada e uma britadeira é o segundo chefe do game, melhor dizendo segunda porque isso é uma mulher (eu acho....). Fransowors usa sua britadeira pra fazer cair motos sobre o personagem (que sentido isso faz eu não sei, mas ela faz isso) e quando você arranca metade do HP dela começa o choro irritante, e com isso os ataques mais rápidos. Pra derrotá-la basta se manter a distância e se aproximar aos poucos e dar uma sequência. Fransowors chega a ser mais fácil que Parcs. Bem acho que com isso vocês entendem porque eu faço piada com os chefes desse game kkkkkk


Moguralian β (Beta): O terceiro chefe é o lider dos Moguralians (os homens toupeira que enchem o saco nessa fase). Ele passa o tempo todo gritando Konichiha (Olá em japonês) quando emerge do solo e quando mergulha fala Sayonara (Adeus também em japonês). O problema desses mergulhos é que eles são acompanhados de explosões que podem lhe atingir e causar um bom dano então mantenha uma boa distância dele e ataque antes que ele use a metralhadora no braço.

NOTA: Após derrotar Moguralian β fique longe dele porque ele vai ficar com a cabeça enterrada no chão, mas se você estiver perto será atingido pelo seu último ataque flatulento (isso mesmo, o cara vai peidar na sua cara) e seu HP será reduzido para o mínimo instantaneamente.

Balbarotch: Esse palhaço do satanás é o quarto chefe do game. Bastante apelão, Balbarotch tem uma boa variedade de ataques que seguem um determinado padrão, então pra derrotá-lo de maneira mais eficiente basta prestar atenção a esses padrões. Ah e quando ele está pra morrer seus ataques ficam mais rápidos.

NOTA: Ao morrer Balbarotch pega fogo e começa a gritar e termina como uma caveira, logo em seguida seu crânio cai no chão e pode ser pego como um item, mas NÃO FAÇA ISSO porque os efeitos serão como os do peido do Moguralian.

Dr. Clayborn: E aqui temos o vilão do game. Essa coisa pequena e com visual esquisito é o mentor de um plano maligno pra dominar a cidade e talvez o mundo. Nesse momento Dr. Clayborn não chega a ser um chefe, mas se você não bater nele neste momento ele jogará uma bomba nuclear em Nova York e você não verá o verdadeiro final do game, então quando você chegar nessa parte ignore os inimigos e acerte uma boa voadora na cabeça do Doutor kkk.


Black Sweepers: Antes da batalha final o Dr. Clayborn fez uns clones dos City Sweepers e dependendo de com quem você está jogando você terá que enfrentar os outros dois, por exemplo, se você estiver jogando com Zan você irá enfrentar Black Matt e Black Rosa. A dificuldade nessas lutas já aumenta e muito, pois os três apelam e muito, o segredo pra vitória é se concentrar em apenas um deles e depois de derrotá-lo pegar o outro na pancada e evite a todo custo usar os ataques especiais nessas lutas porque todo e qualquer HP preservado é importante.

Dr. Clayborn (Final): Vendo seus planos irem por água abaixo o Dr. toma uma medida drástica e usa suas habilidades científicas pra se transformar nesse aberração e tentar acabar com os City Sweepers. Aqui a coisa fica preta pro lado do jogador porque o Dr. Clayborn faz jus ao título de Último Chefe, pois o cara é apelão e os golpes tiram muito do seu HP, sem contar que ele sempre tenta contra atacar você. Aqui é bom abusar do que lhe estiver disponível e tentar evitar os fireballs que ele solta. E se você lembrou de bater nele antes que ele pudesse jogar a bomba nuclear na cidade após derrotá-lo você verá o final bom. 

Todos os chefes valem $500 com exceção dos Black Sweepers que valem $90 e do Dr. Clayborn que vale $900 (com relação a esses valores eu vou explicar melhor mais pra frente).

OS CAPANGAS
Os capangas que levam tapa o tempo todo em Undercover Cops são bem variados e alguns chegam a ser mais insuportáveis que os chefes. Alguns deles são bem apelões e custam a morrer o que deixa a coisa bem complicada. Abaixo segue uma pequena descrição deles:
Dooby e Kenji: Estes são os capangas mais simples do game.
Kenji (o cara de roxo) é aquele que vai direto em sua direção e dá apenas um soco e possui pouco HP morrendo fácil. Às vezes ele carrega uma arma na mão e seu valor é de $10.

Dooby é o careca com o que sobrou do cabelo em estilo samurai. Ele é uma versão melhorada de Kenji com uma sequência de socos que termina num gancho que te derruba e possui mais HP. O valor de Dooby é $20.

Brad e Box Brad: Esses cabeludos de óculos escuros aparecem de duas maneiras no game.
O Brad de calças azuis como na imagem ataca com uma voadora e se ele erra manda outra logo em seguida pra te acertar sem dó e se você é atingido cai na hora. A versão com calças vermelhas é ainda pior porque ele corre em sua direção pra dar à voadora e se estiver perto ele tenta te dar uma rasteira deslizante que também te derruba. Ambas as versões de Brad valem $30

Os Box Brad morrem com um único golpe e servem apenas como obstáculos sendo os de calças vermelhas os que carregam um item na caixa e os de calças escuras carregam granadas pra lhe causar danos e ambos não possuem valor.
Makaku: Essa praga com um taco de baseball passa o tempo todo defendendo sua sequência e se você der bobeira leva paulada na cabeça. Voadoras nele são impossíveis e se você tentar vai ser a bola do Home Run rsrs. A versão de azul e vermelho é a mais simples e faz apenas o que foi citado acima, mas a versão de verde toda vez que for derrubado levanta rebatendo pra tudo quanto é lado tentando o contra ataque então depois de jogá-lo no chão mantenha distância. O valor dos Makakus é de $60.

Fox: Como em todo beat'em up tem uma garota no grupo dos capangas aqui não é diferente. Fox é especialista em chutes e fica pulando numa perna só o tempo todo (Tipo Saci). Fox também tem a habilidade de se esquivar da sua sequência e contra atacar com seus chutes então o melhor é apelar pras voadoras e agarrões pra acabar com elas. A versão de cabelos laranja também possui a habilidade de saltar e cair sobre você causando certo dano e incomodando muito. Uma curiosidade sobre ela é que na versão do Arcade japonês quando você derrotava uma Fox ela caia mostrando os peitos, mas nas versões internacionais do arcade e na versão de SNES a animação foi modificada (ou seja sem tetas =(). O valor de cada Fox é de $30. 
NOTA: Fox é tratada como mulher, mas depois de jogar Final Fight eu comecei a ter minhas dúvidas por culpa das(os) Poison então fica a dúvida se é ou não mulher. Bom segue abaixo mais uma imagem e tirem vocês suas conclusões e deixem nos comentários:
E aí o que vocês dizem?
Menino ou Menina?

Madca: O cara que fica voando e atazanando e tentando te atropelar ou esfaquear. Esse de longe é o pior dos capangas genéricos do game é quase impossível acertar uma sequência nele e de quebra ele ainda foge para o alto toda vez que você tenta dar uma voadora nele. Talvez a melhor tática pra se livrar dele quando você não está com uma pilastra de concreto na mão é ficar em baixo dele e quando ele der um rasante usar o ataque especial simples com o botão A. Cada Madca vale $80.

Moguralian: Os homens toupeira que aparecem na terceira fase do game. Eles não possuem muito HP e podem ser vencidos com um ou dois socos no máximo, mas são difíceis de atingir por não pararem quietos. Logo de início eles emergem do solo e se você estiver em cima de onde eles saem já sofre dano, logo em seguida eles ficam andando de um lado pro outro tentando cravar as garras nas suas costas e de vez em sempre saltam na sua direção. Eles valem apenas $20 o que não é justo pelo tempo perdido tentando derrubá-los. 

NOTA: Mogura (もぐら) quer dizer Toupeira em japonês.

Bennet: O cara da motocicleta que vive de atropelar os outros na quarta fase. Não é muito difícil acabar com eles basta abusar dos dash attacks e voadoras que a moto dele vai explodir e ele morre. Mas não é legal deixar ele sair livre porque ele vai sair da tela e voltar em alta velocidade pra te acertar e isso vai ser muito ruim. Cada Bennet vale $30.



T-900: Esse nada mais é do que um clone do Parcs o primeiro chefe do game, mas com um HP reduzido. Ele ataca da mesma forma que Parcs e pode ser derrubado da mesma forma, porém aqui a melhor opção é jogá-lo nos buracos pra ele morrer de uma vez. Os T-900 valem $60.


JOGABILIDADE


Agora que já descrevemos todo mundo vamos falar da jogabilidade de Undercover Cops começando pela triste notícia de que a versão de SNES é somente SINGLE PLAYER o que pra mim é bastante injusto já que no arcade era possível jogar com até 3 pessoas e a dificuldade desse game é bem mais alta em relação a muitos outros beat'em ups. Jogar no Easy é perda total de tempo, pois o game vai apenas até a terceira fase e logo após uma mensagem dizendo pra jogar o game na dificuldade Normal ou Hard aparece à tela de Game Over.

Você pode ter até 5 vidas e 5 continues inicialmente e é possível ganhar mais vidas com pontos, mas os continues não podem ser obtidos. Os controles são agradáveis e respondem normalmente ao jogador e são semelhantes aos encontrados em outros beat'em ups. Abaixo segue uma imagem dos controles:
Controles simples e fáceis de memorizar
No toal são 5 fases com uma boa durabilidade, cheias de itens de cura, estes que são um dos elementos peculiares desse game afinal pra recuperar seu HP você pega sapos, porcos, pintinhos, lesmas mas todos vivos, isso mesmo vivos e pra ganhar pontos você encontra diversos itens como as TVs onde é possível ver a silhueta do primeiro chefe de R-Type. Nas armas não espere por facas, espadas ou canos como nos games do gênero, mas sim pilastras de concreto maiores que seu personagem, tochas, barris em chamas e até peixes. Veja nas imagens:
Acredite isso não é o almoço dela.
Alguém aí vai levar uma peixada na cara...
Em Undercover Cops os postes é
que batem nos motociclistas kkkk
Ao final de cada fase tem início o Assessment Day onde você recebe o pagamento pelo serviço de "limpeza" feito, por isso eu mencionei os valores dos inimigos do game. Em cada fase existe um limite a ser atingido que aumente a cada fase e ao atingir esse limite você recebe uma vida extra além de uma recarga de HP que não reseta a cada fase.
Os especiais mais fortes são executados com comandos como em games de luta ao pular, estes por sua vez gastam uma boa quantidade de HP, mas são capazes de matar a maioria dos inimigos e tirar um bom dano dos chefes.

GRÁFICOS E SONS

Capa do CD da trilha sonora
Embora lançado em 1995 a versão de SNES parece ter os gráficos de um game de 1993 principalmente se compararmos com outros beat'em ups do mesmo ano ou até anteriores, mas não são ruins são até bem desenhados. Os ambientes do game misturam uma temática futurista com ruas e construções desoladas por conta da onda de violência. Os personagens tem uma boa quantidade de quadros de animação pra dar conta da quantidade de movimentos que cada um possui e os efeitos de explosões, por exemplo, são bem legais.

Nos efeitos sonoros temos um acervo de sons normais eu diria que somados a uma boa quantidade de vozes tanto dos personagens quanto dos inimigos dão um bom resultado, aliás é possível ouvir as vozes de cada personagem no menu de opções do game. As músicas do game puxam muito pros estilos eletrônicos pra se dançar (mas quem dança aqui são os capangas do Dr. Clayborn) e são muito boas dando um clima legal a pancadaria. Foi inclusive lançado um CD da trilha sonora da versão arcade (que trás as mesmas músicas da versão de SNES) contendo umas faixas arranjadas e as músicas do game. 
Gosta de ouvir as músicas dos games que você joga? Então faça o download da OST de Undercover Cops clicando no link a seguir: Download Undercover Cops OST

RECEPÇÃO, LEGADO E UM EXTRA.

O game teve uma boa aceitação no Japão e rendeu um game extra pra Gameboy chamado Undercover Cops Gaiden: Hakaishin Garumaa lançado em dezembro de 1993 (o que indica que a versão de SNES atrasou e muito) que nada mais é do que um game de tabuleiro. Abaixo segue a imagem da caixa do game:
Caixa do game com a bela Rosa Fellmonde
Ela vai devorar o pobre animalzinho vivo....
Também foi criado um Mangá baseado no game, também lançado em 1993 pela Games Comics o mangá traz uma temática mais puxada para o humor. Segue abaixo algumas imagens das capas:
Hummmm Rosa de shortinho....
Podiam ter feito isso no game...
Começo a ter vontade de ler esse mangá
Eu disse que deixaria a versão americana do game de lado por conta das alterações, mas como foi um game cancelado pra SNES é possível encontrar a arte da caixa na web e pra você não ficar procurando eu vou deixar ela aqui:
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Sem comentários kkkkkkkkk o Zan (que provavelmente se chamaria Claude igual no arcade) parece um hippie, a Rosa (Flame no arcade americano) parece ter ganho uns 20 anos a mais, olha a cara de coroa briguenta dela kkkkkkkkkkk e o Matt parece o menos esquisito do trio tirando o fato que seu nome no ocidente é Bubba AFFFF ¬_¬.
CONCLUSÃO
Undercover Cops não é muito conhecido por não ter recebido uma versão ocidental no SNES, mas não deixa de ser um bom beat'em up. Tirando a mancada do pessoal da Varie por não adicionar um multiplayer ao game o desafio realmente compensa. A dificuldade é alta se comparado a grande parte dos games famosos do gênero, tentar terminar este no Hard sem savestates é um bom desafio. Agora vamos aos prós e contras pra finalizar este longo texto e quem sabe você decida jogar e deixar suas impressões nos comentários.
PRÓS
  • Bons controles e movimentos dos personagens
  • Clima bem humorado rendendo algumas risadas
  • Desafio perfeito pra quem gosta de games mais difíceis
CONTRAS
  • Não tem Multiplayer (sacanagem maior de todas)
  • A dificuldade às vezes se torna absurda.
  • A Rosa não usar um shortinho como no mangá kkkkkkk
Créditos
Roteiro > +Soterio Salles 
Revisão > +Juan A. Dias
Arte > +Bruno Viana  
Ajude o autor e curta essa postagem clicando em um ou mais dos botões de redes sociais abaixo e se possível se inscreva no nosso canal do Youtube.

12 comentários:

  1. Respostas
    1. Dessa eu não sabia. Legal porque gosto tanto de Undercover Cops quanto dos game da série Metal Slug.

      Excluir
    2. eita nem tinha me ligado nisso =)

      Excluir
  2. Achei interessante que normalmente nesses beat'em up quando rola mulher elas costumam ser punks piriguetes ou kunoichis semi-nuas, e a Senhorita Rosa aí é toda menininha. Na capa americana ela está parecendo balzaca que faz papel de garotinha em filmes B de pancadaria ou terror.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa americana é extremamente bizarra kkkk

      Excluir
    2. Me pergunto se essa capa americana não foi o motivo de cancelarem o lançamento ocidental kkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    3. pensando assim acho que vc matou a charada kkkkk

      Excluir
  3. Puxa Vida Cara....a tempos procurava alguma matéria sobre esse Jogo ...Ficou excelente Juan...ta de parabéns...Faz uma Matéria dele pro Youtube....Falou Broder

    ResponderExcluir
  4. Hoje a JapanOstalgia quadro do blog que nos mostra jogos que foram lançados "apenas" no Japão traz uma perola dos jogos de Super ... isupernintendo.blogspot.de

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Kurt get yourself a life man.
      No one will check your fucking blog if you keep spamming ours.

      Be more reasonable and try to make things correctly.

      Excluir
  5. O jogo em si é muito bom,mas mesmo jogando no normal tem horas que a apelação ta demais! kkkkkk,tentei zerar,não consegui,mas vou continuar tentando agora que aprendi um pouco mais dos padrões dos inimigos.
    OBS: Curti muito a Rosa,melhor que muita mina de anime atual ai kkkkkk

    ResponderExcluir

*Se gostou do post comente, sua opinião é muito importante.
*Comentários com links ou palavrões serão excluídos.

 

Seguidores