Ads 468x60px

Link list 2

AddThis

31 de maio de 2017

2

ROCKMAN - Contos #1


2XXX D.C.
Lembro como se fosse ontem, papai saindo mais um dia para trabalhar na mineradora, na noite passada foi meu aniversário de 12 anos, ele tinha me dado um Protoman de presente, teve que fazer muita hora extra pra poder me dar um presente descente, eu percebia no rosto dele que estava muito cansado, mesmo assim ele foi trabalhar com um sorriso no rosto 😊.
As 16:37 horas daquele mesmo dia o telefone tocou, após alguns minutos, minha mãe estava em prantos, meu pai tinha morrido em um acidente na mina, mais tarde Bob Dalton me contou que ouviu seu pai bêbado falando que o acidente tinha sido causado por erro do meu pai, eu não posso acreditar nisso😭, ele era o melhor minerador do mundo! CLIQUE EM CONTINUE LENDO PARA VER TODA HISTÓRIA
Aquela dor me consumiu por 1 ano, tive uma forte depressão, eu, Thomas Light, tinha que fazer algo, não queria ver mais ninguém sofrer, nenhuma família perder seus pais e filhos em acidentes naquela mina maldita!

Sentado na varanda em mais um dia nublado e cinzento eu olho pro lado e vejo o Protoman que meu pai batalhou tanto pra me dar, foi aí que tive a ideia, "criar robôs e máquinas que substituiriam o trabalho dos humanos nas minas. ninguém mais precisa sofrer!"
Após muitos anos de pesquisa intensa e estudos eu consigo uma bolsa na Universidade Federal de Robótica da Província, lá eu conheci uma pessoa tão promissora quanto eu, o nome dele é Albert Wily, esse cara é bem engraçado, no meio das aulas fazendo caretas e dando encima das meninas, eu gostei dele de cara.

Após a morte de mamãe enquanto eu estava na faculdade tudo mais uma vez passou a não fazer mais sentido, mesmo assim eu continuei, pois foi muito tempo investido nisso e o meu primeiro protótipo estava pronto, era o meu TCC do curso.

Pensando bem.......eu já estava até esquecendo o rosto da minha mãe.......como sou um lixo...
Após alguns meses depois de acabar o curso eu recebi uma ligação do governo do estado me chamando pra trabalhar com eles, dizendo que iriam me dar apoio nas minhas pesquisas, como era muita coisa pra uma pessoa só, eu perguntei se poderia contratar meu amigo Wily, eles disseram que sim, foi aí que começou nossa parceria de anos.

Tudo estava indo muito bem, os robôs trabalhando nas minas enquanto as pessoas eram remanejadas para atividades de baixo risco, eu criei juntamente com Wily uma boa variedade de robôs trabalhadores com funções pré determinadas e sensores de presença por todos os cantos.
Na festa de ano novo, enquanto enxiamos a cara de saquê, Wily veio com um papo estranho de aumentar o sistema de processamento dos robôs para que tivessem mais autonomia, falou também de criar alguns robôs com armas entre outras coisas, não dei muita ideia porque ele estava bêbado.

Alguns meses depois eu conheci uma mulher linda, Emilly, nos casamos, ela teve câncer e morreu 3 anos depois, nem deu tempo de ter filhos....
Dr Wily me vendo na desgraça me disse para reacendermos aquele projeto que tinha mencionado em um certo ano novo, "vamos começar!", diz ele que eu tinha aceitado a proposta, eu me recusei e ele ficou muito puto, saiu batendo nas coisas, fiquei o dia todo refletindo sobre aquilo, no fim das contas criamos 8 robôs com funções variadas, alguns meses depois eu ganhei um prêmio Nobel por essa empreitada, Dr. Wily ficou louco de raiva, ele dizia que a ideia era dele, quebrou boa parte do laboratório antes de sair me amaldiçoando, o homem estava louco.

A ideia do Wily era promissora, por debaixo dos panos eu criava um "ser" que eu apelidei de ProtoMan, talvez uma homenagem singela ao meu velho pai, ou falta de criatividade mesmo........ele tinha um processador de 2 mil núcleos trabalhando a 20 Ghz cada, conseguia processar informações como um humano, suas articulações eram bem feitas e algumas partes simulavam um humano......ele era perfeito.
Não sei como, ele ficou sabendo de tudo, acho que o "fdp" tinha uma câmera no laboratória me vigiando todo esse tempo.

Ele roubou o meu projeto, mudou os parâmetros de linguagem iniciais e fez o meu Protoman criar um ódio irracional de mim, estava bem claro que ele me queria morto!
Alguns meses depois ele usando Protoman, também roubou meu 8 super robôs trabalhadores, eu estava arruinado.
Afim de criar defesas contra meu ex-amigo, eu criei 2 "filhos" eles eram uma mistura de Margarett e Eu, eu os batizei de Rock and Roll, um casal, mais ou menos com a idade dos meus filhos se Emilly estivesse viva, uns 12 anos.

Alguns meses depois o Wily fez uma investida em minha residência, matando alguns empregados meus, destruindo minhas pesquisas, eu pensei "isso tem que acabar!" minha única escolha foi mudar alguns parâmetros  do Rock e acoplar ao seu antebraço um canhão de Protons ultra poderoso, além de outras habilidades, o Rock que um certo dia veio a mim, ele dizia "é a unica forma deu chegar perto dos meus irmãos sem ser destruído, quero saber o que aconteceu, se possível ajuda-los....."
O resto da história você sabe(ou não): SELECT STAGE!

Quer que a história continue? Comente =D
Nota: Direitos e agradecimentos a banda Protoman, ao qual faz um trabalho próprio que eu tive o prazer da inspiração.
Ajude o autor e curta essa postagem clicando em um ou mais dos botões de redes sociais abaixo e se possível se inscreva no nosso canal do Youtube.



2 comentários:

  1. tima postagem gostei muito, ganhou um fã abraços.

    Me segue, que eu sigo de volta!

    http://nintudo.blogspot.com.br/

    https://plus.google.com/+NinTudo/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado NinTudo, pode ter certeza que vou ler suas postagens e se possível, comentarei.

      Excluir

*Se gostou do post comente, sua opinião é muito importante.
*Comentários com links ou palavrões serão excluídos.

 

Seguidores