Ads 468x60px

Link list 2

AddThis

23 de dezembro de 2013

12

Especial MeMe 2013 - Company of Heroes e Motor Rock - O melhor que Joguei em 2013


E ai cambada da Família SnesTalgia tudo beleza? Estamos participando da confraternização do 3° MeMe gamer - O que você jogou em 2013? É a primeira que participo e achei uma ideia muita bacana por parte do Blog Marvox Brasil que é um dos idealizadores do projeto que foi quem me convidou, no fim do post deixarei os links de todos os participantes deste ano então não deixe de conferir também, sem mais delongas irei mostrar para vocês o que me marcou esse ano clica ai em continue lendo e borá começar.

Primeiro queria explicar para vocês que não existe limite de jogos para serem citados aqui, eu poderia citar uns 100 ou apenas 1, se vocês olharem os outros blogs participantes iram perceber que o pessoal posta mesmo tudo que jogaram e eu acho isso muito bacana, mas não farei isso. Sei que muitos de vocês devem estar achando que iram ver uma quantidade gigantesca de jogos de Super Nintendo aqui na minha lista, mas desculpem não vou citar nenhum, mesmo eu tendo jogado muitos esse ano, quem acompanha os torneios sabem o que eu venho jogando, mas dessa vez darei destaque a outros jogos.

Muitos podem achar que sou um fanático pela Nintendo e que não sou de jogar games de outras empresas, e digo a vocês que estão enganados, pois acima de tudo sou um gamer e gamer de verdade não tem essas frescuras, minha empresa favorita nos games é a Nintendo (há vá), mas sempre irei jogar de tudo sem preconceito, eu até admito que não sou fã de jogos novos e as vezes nem corro atrás para conhecer, mas isso é outra história, vamos ver o que eu joguei de melhor esse ano.
Jogo épico...

Pra começar vocês precisam saber que sou fã de jogos de estratégia e sou muito fã da série Age of Empires, sou fã mesmo, acho que metade de minha vida passei jogando isso... Há sim claro, Age of Mytology eu considero tão bom quanto Age of Empires então quando eu falar “série Age” considere os dois jogos OK.
Jogo super hiper mega épico

E por ser tão fã dessa série procurei jogos parecidos para continuar me divertindo construindo meus impérios e avançando nas eras, joguei jogos ótimos como :
Rise of Nation, Empire Earth, Red Alert Command & Conquer e muitos outros, porém me aprofundei apenas em Rise of Nation que é um jogo até antigo, mas conheci recentemente, só que não é dele que gostaria de falar e sim de um jogo que fugiu um pouco desse esquema de jogo de estratégia baseado em civilizações antigas, estou falando do fantástico Company of Heroes que é um jogo de estratégia baseado em fatos e acontecimentos da segunda guerra mundial.

Quando conheci?  Como citei, conheci o jogo na busca de novos games de estratégia e estava buscando algo parecido com Age of Empires e para minha surpresa o jogo que mais me agradou foi um que pouco se parece com jogos da série Age.

Como o jogo é? – O que mais me chamou atenção no jogo foi a história que te prende do começo ao fim, quantas noites eu passei jogando com aquela sensação de vou jogar só mais uma e depois dormir rsrs, algo que me fez passar madrugadas em claro.  Company of Heroes conta com os seguinte modos de jogo:
Tutorial, Skirmish, Random Battle e Campaign. Dei uma passada rápida no tutorial que é bem fácil de entender porém de suma importância para se dar bem no jogo e parti logo para o modo Campanha “história” para ver o que jogo tinha a oferecer e me apaixonei pelo jogo nos primeiros segundos de jogatina.
Prepare-se para guerra
Antes do inicio de cada missão teremos cutscene que dão uma ótima introdução a cada jornada e já nos deixa no clima do jogo, muitas das cenas são emocionantes (tá bom, tá bom, admito derrameis umas lágrimas) e logo após a cutscene recebemos as ordens do quartel general nos dizendo nossa missão, isso é tão épico que é difícil descrever, imagine um General com uma prancheta na mão mostrando onde nossas tropas iram atacar e de onde o inimigo vem, logo depois ele nos passa nosso objetivo principal e alguns secundários, claro que eu tentava fazer de tudo né, se não nem teria graça =).
Nosso Acampamento
Nossas tropas (artilharia) são compostas por seis homens que são a linha de frente do esquadrão, o legal é que os caras sobem de nível na medida em que vão sobrevivendo nas batalhas e ganham habilidades, além de coletar armas e itens eles podem se desmembrar das tropas para criarem outras tropas, isso é genial (falando cheio de emoção). Outros membros das tropas são os engenheiros que são compostos por três homens e esses são os “cabeças” da turma, são eles que constroem e concertam nossos acampamentos e veículos e saber usar os engenheiros é a chave do negocio. Inicialmente não contaremos com os tanques de guerra (que é uma apelação sem fim) que ficaram disponíveis em missões mais avançadas. 
Os engenheiros são a chave do jogo

Além disso, existem outros membros muito importantes para as tropas, mas não irei contar tudo para não estragar as surpresas do jogo, só adianto que meu preferido era o Sniper hehe. Mas para conseguirmos aumentar nossas tropas e veículos, que são limitados precisamos coletar recursos que dessa vez não serão ouro, pedra, madeira ou comida (que lógica teria?). Aqui teremos que coletar combustível, munição e efetivos (mão de obra) tudo sem muita complicação, apesar de poucos os recursos a serem coletados, temos que saber administrar muito bem para não pormos em risco o sucesso da missão.
O acampamento evoluiu hehe
Os mapas do jogo são grandes e isso ajuda muito na diversão e desafio do jogo, pois às vezes acabamos a missão, mas morremos por ter aquela curiosidade infernal de explorar todos os cantos do mapa. O jogo é todo visto de cima, e podemos diminuir ou aumentar o zoom para vermos a guerra mais de perto, e ver nosso Sniper dar um tiro na cabeça dos nazistas bem de perto é algo memorável.
Que tal um rolezinho de lambreta?
A jogabilidade deste game é perfeita, tudo respondendo perfeitamente, mas claro que uma treinada no tutorial pode fazer toda diferença então não custa nada verificar o que temos de opções aqui. A trilha sonora também é ótima, até porque no meio das missões quase não se escuta a musica onde o jogo é praticamente mudo e a musica toca em momentos estratégicos e sons são perfeitos com barulhos de tiros explosões e tudo que você imaginar que acontece em uma guerra.
É tiro pra todo lado
A meu ver o jogo é uma obra de arte aos amantes de jogos de estratégia, sei que ele ganhou algumas expansões das quais ainda não tive oportunidade de jogar por falta de tempo, mas eu considero esse jogo até para aqueles que não são fãs do gênero.
Do que mais gostei?  Tudo o jogo é perfeito.
Agora vou matar geral

Do que não gostei?  Ok o jogo é quase perfeito, talvez a dificuldade super elevada quando jogamos no modo random contra a CPU seja algo frustrante (ou talvez seja culpa de minha noobice).

Espero que tenham gostado da minha indicação, agora irei mostrar para vocês mais um jogo que tive a honra de jogar e ele foi o responsável por ter atrasado meu post um pouco, pois tive que refazer apenas por causa deste jogo. Estou falando do Rock n’ Roll Racing 3D que agora é chamado de Motor Rock...
Meu sonho realizado
Assim como eu tinha dito no vídeo sobre remakes dos meus sonhos, Rock n’ Roll Racing foi um jogo tão épico que marcou não só a minha infância, mas sim a de milhões de pessoas em todo o mundo e uma continuação deste é algo esperado desde a década de 90 e finalmente nosso sonho se realizou.
Quando conheci? Conheci sobre o projeto Rock n’ Roll Racing 3D a muito tempo atrás e já tinha meio que desistido de ver esse jogo tão cedo, mas ai um camarada no facebook falou que ele já estava a venda na Steam, ai não teve jeito tive que aprender a usar o site na marra e comprar meu primeiro jogo no site, e estou muito orgulhoso disso =).



Como o jogo é? – O game é simplesmente fantástico, conseguiu fazer o que poucos remakes conseguem que é deixar um jogo novo com as raízes de seu antecessor, conseguimos sentir a mesma emoção de antigamente jogando Motor Rock.
Sei que muitas pessoas ainda estão confusas por conta do nome “Motor Rock”, mas adianto para vocês que não se trata de outro jogo, o mesmo RRR3D que a empresa Yard Team tinha prometido, porém com uma mudança de nome por causa de direitos autorais (Eles não queriam levar flag ¬¬) fora o nome o jogo continua a mesma coisa do prometido e me surpreendeu muito.



Caso vocês estejam interessados no jogo, corre na steam e gaste a fortuna de 13 reais para ter essa maravilha em sua casa, lembrando que o jogo era para ser gratuito, mas nada mais justo que cobrar um valo simbólico por isso ( eu cobraria 100 reais e ficaria rico hehe), mas mesmo com preço baixo tenho certeza que vão ter um lucro considerável deste jogo por ser uma ótima opção de jogatina.

Mas será que e Motor Rock superou Rock n’ Roll Racing? Apesar de o jogo ser muito bom, não acho que ele tenha superado, afinal não podemos esquecer que Motor Rock foi desenvolvido por meia dúzia de fãs Russos, então não podíamos esperar algo tão grandioso assim. Graficamente o jogo ficou bonito, não é nada grandioso comparado com os jogos de hoje em dia, mas só de ver os carros antigos com visuais melhorados já valem a pena, os personagens ficaram com um visual ainda mais invocado as pistas cheias de detalhes deixando o jogo bem mais frenético que antigamente.

Falando das corridas podemos dizer que nesse quesito o jogo teve uma evolução principalmente na questão visual onde podemos escolher a visão isométrica ou visão traseira, ambas são ótimas e depende muito do gosto de cada e isso interfere diretamente no jeito de se jogar então antes de começar cheque as câmeras e veja qual lhe agrada mais.
Eu Prefiro Jogar Assim
A dificuldade do jogo é outro ponto positivo para Motor Rock, pelo menos em minha opinião, pois gosto de jogos difíceis e apesar de termos 3 níveis de dificuldade já percebemos que missão vai ser complicada pois mesmo no modo iniciante o “bicho pega”. Após escolhermos em qual dificuldade iremos começar jogo vamos nos deparar com a história do jogo (sim o jogo tem história) e isso só fez somar pontos para Motor Rock, a missão aqui é vencer as corridas contra adversários de outros planetas, somar pontos e arrecadar o máximo de dinheiro possível para dar aquela tunada no carro. Haa os carros, estão lindos e com visual devastador, alguns clássicos continuam nessa versão e ainda contamos com carros novos, só vendo para vocês entenderem  a minha emoção na oficina na duvida cruel que temos para decidir com qual carro começar o jogo. 

Os personagens principais mudaram, os remanescentes são apenas Snake e Tarquinn e cada personagem tem seu ponto forte então vale pena olhar os atributos de cada um e escolher o que tem mais o seu estilo de jogo.
Pra finalizar eu não poderia deixar de falar da trilha sonora que tem rock de primeira qualidade, musicas das antigas foram mantidas, mas são covers, o que não muda nada pois só a batida da musica já vale muito. Como sempre a musica e som se encaixam perfeitamente nas corridas alucinantes que teremos pela frente e nem preciso dizer que indico esse jogo para todos os fãs e não fãs da série.

Ainda não terminei o jogo por isso é difícil falar sobre ele mais do que já falei, mas convido todos vocês para acompanharem minha evolução no game, pois estou fazendo uma série no Canal SnesTalgia sobre esse game, então confiram ai como foi o meu primeiro contato com o jogo.


Esses foram os jogos que marcaram o meu ano, e o de vocês quais foram? Não se esqueçam de acompanhar o MeMe 2013 nos outros blog participantes no links a seguir.

Arquivos do Woo – http://arquivosdowoo.blogspot.com.br/
Azilator – 
http://www.azilator.com.br/
Blog Desocupado – 
http://des-ocupado.blogspot.com.br/
Café com Cappuccino  
http://cafecomcappuccino.blogspot.com.br/
Drink n Play – 
http://www.drinknplay.com/
Fórum Retrogames Brasil – 
http://www.retrogamesbrasil.com/
Game Genius – 
http://www.gamegenius.com.br/
Gamer Box  
http://www.gamerboxbr.net/
Gamer Caduco  
http://gamercaduco.com/
Lugar de Nerd!  
www.lugardenerd.blogspot.com.br/
SnesTalgia – 
http://www.snestalgia.blogspot.com.br/
Sora Gamer – 
http://www.soragamer.com/
The Angry Videogame Blogger  
http://angryvideogameblogger.blogspot.com.br/
Vão Jogar! (Autor: João Roberto)  
http://vaojogar.com.br/
Vão Jogar! (Autor: Somari)  
http://vaojogar.com.br/
Vão Jogar! (Autor: Sucodelarangela)  
http://vaojogar.com.br/
Vão Jogar! (Autor: T-Rok)  
http://vaojogar.com.br/
Vão Jogar! (Autor: Tchulanguero)  
http://vaojogar.com.br/
VG&ETC – 
http://www.videogame.etc.br/
Ajude o autor e curta essa postagem clicando em um ou mais dos botões de redes sociais abaixo e se possível se inscreva no nosso canal do Youtube.

12 comentários:

  1. Eita, eu nem fazia ideia que existia um Rock 'N Roll Racing 3D, se meu PC não fosse uma bosta, eu jogaria, o original era muito divertido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tanto o antigo quanto o novo são ótimo games

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. É uma pena que o jogo (Motor Rock) já tenha sido removido da Steam justamente por direitos autorais, agora é só o piratão mesmo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Piratão apenas para vocês meros mortais, eu vou de original =)

      Excluir
    2. Poxa, que pena, procurei nesse Steam e realmente não achei. Acho que perdi a oportunidade =(

      Excluir
    3. Mas acho que logo eles arrumam isso e o game volta

      Excluir
  4. Rock´n Roll Race 3D?! Deve ser muito legal!!!

    ResponderExcluir
  5. Mais um pra lista de "não sabia da existência do Rock n’ Roll Racing 3D" D: ai você faz geral ficar com vontade de jogar e o jogo foi removido da steam. Sacanagem heim?

    A série "Age of" preciso pegar pra jogar com calma, comecei algum que não me recordo e achei bem divertido, mas não prossegui jogando.

    Abraços o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a série AGE merece sua atenção garanto que vai viciar

      Excluir

*Se gostou do post comente, sua opinião é muito importante.
*Comentários com links ou palavrões serão excluídos.

 

Seguidores