Ads 468x60px

Link list 2

AddThis

13 de junho de 2014

14

Games que Ganharam Remakes #3 - Rock' N Roll Racing

E aê pessoal beleza \m/

Dando continuidade a nossa série de posts sobre games de SNES que ganharam remakes através dos anos eu como tinha prometido na edição anterior, decidi falar de um game com menos remakes pra não ter que fazer um post muito grande tão cedo kkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Mas antes de continuar vamos aos links:
E pra esta edição aperte os cintos e pise fundo no acelerador porque:


"THE STAGE IS SET, THE GREEN FLAG DROPS!!"


LET THE CARNAGE BEGIN!!!!

Mas antes da matança vamos aos dados... Heheheh


Nome:Rock N' Roll Racing (Global)
Gênero:Corrida
Desenvolvido por:Silicon & Synapse
Publicado por:Interplay (EUA e Europa)
Namco (Japão)
Game ID e Data de Lançamento:SNS-RN (EUA) 04/06/1993
SHVC-RN (Japão) 03/01/1994
SNSP-RN (Europa) 31/03/1994
Modos de jogo:Single/Multi Player
Mídia:Cartucho (8 Megabit)

Eu poderia dizer que pra nós que vivemos no auge da geração 16 bits este game dispensa qualquer apresentação, mas como o nosso objetivo é mostrar também pra essa nova geração um pouco de história vamos lá.
Caixa da versão americana
Em setembro de 1993 a Silicon & Synapse (atual Blizzard Entertainment) em parceria com a Interplay colocam no mercado um game de corrida que trazia uns elementos bem diferentes do que estávamos acostumados, não eram carros de marcas famosas, ou circuitos conhecidos dos fãs de F1 nem tampouco pilotos cujo nome custaria muitos dólares pra que seu nome estivesse no game. Longe disso tudo Rock 'N Roll Racing trouxe pro mundo dos games muito mais do que isso.

Bom... Começando pela parte do enredo (é o game tem um... e muito bem elaborado se você quer saber...) vou usar as palavras do próprio manual do game afinal ninguém vai contar melhor essa história do que ele.
"PROCURA-SE: ALGUNS BONS HERÓIS 
Então você quer ser uma estrela do Rock'n Roll? Você tem coragem o bastante pra correr contra os melhores? Nós temos uma boa tradição aqui na Escola de Corrida Flip Johnson - a tradição de perder os motoristas que afrouxam o pé do acelerador cedo demais - e então KAPOW, estão fora.
Tá certo que desde que Flip venceu a Super Copa de Indianápolis em 2911 nós não tivemos um único ticket pra vitória. O que te faz pensar que você vai vencer?
Você sabe quem mais vai estar correndo contra você? Criminosos, Máquinas, Gênios e o lagarto, príncipe de Bogmire, Ragewortt em pessoa.
Oh, muito bem garoto. Você está dentro. Nós estamos contando com você. Boa Sorte! Você vai precisar."

Tá, mas não é só isso o manual ainda tem mais menções a história do game. Então segue mais uma tradução:

"A HISTÓRIA DO ROCK'N ROLL (RACING)

A primeira corrida de automóveis foi realizada em 1894 na França, sete anos depois de o primeiro carro ter sido criado por Herr Daimler e Herr Benz da Alemanha. Eles fizeram o primeiro modelo de motor de combustão usado nos motores dos carros no final do século XIX, XX e início do século XXI (uma das filhas de Daimler se chamava Mercedez então os engenheiros criaram a Mercedez Benz, uma marca de qualidade ainda hoje no século XXX.). Nessas corridas os homens queriam por a prova seu juízo, habilidades e máquinas uns contra os outros onde somente o melhor sobreviveria. Nações antigas como Alemanha, Inglaterra, França e Estados Unidos começaram a realizar estas corridas regularmente pra promover o automóvel, o novo padrão de transporte.
Quando a humanidade descobriu vida inteligente em Bogmire no ano de 2833 iniciou-se uma loucura como nunca antes vista. Os Saurions de Bogmire começaram a correr com todo tipo de carro envenenado com clássicos do Rock'n Roll da Terra. A ideia agradou e a Comissão do Rock'n Roll Racing foi criada. Eles eram responsáveis por criar as regras, regulamentos e a diversão da Rock'n Roll Racing.
A primeira corrida foi realizada no ano 2911, um milênio depois da primeira Indianápolis 500 e o Grande Prêmio foi batizado de Super Copa de Indianápolis.
Flip Johnson da Terra venceu a primeira Rock'n Roll Race com sua marca personalizada de nitro, a Lightning Nitro. Isso causou muita raiva, já que Dangbar de Bogmire liderava visivelmente a competição. Dangbar ameaçou devorar Flip caso ele competisse novamente, então Flip abandonou as corridas e abriu uma escola de direção na Terra, o seu planeta natal.
Agora, é claro, o Rock'n Roll Racing é o esporte mais popular do universo. Aproximadamente 7,8 bilhões de pessoas de 17 planetas sintonizam regularmente pra assistir esta corrida de demolição da era moderna."
Legal não? Apesar do game não fazer grandes menções a esta, temos uma boa história de fundo pra justificar tudo o que fazemos nas pistas. E tem mais muita gente que acompanhou o game na época de lançamento não manjava de inglês então mesmo com o manual talvez não soubesse que o game tinha sim um enredo. Até mesmo os pilotos tem uma breve história sobre cada um no manual, mas esta eu não vou escrever aqui. Mas vou colocar na sessão de dowloads um link pra você baixar o manual do game e ver por você mesmo.
Caixa da versão japonesa
Na parte gráfica o game também não deixa a desejar. A visão isométrica, diferente da grande maioria dos games de corrida famosos da época era muito bem feita e dava o clima certo pro estilo de corrida ao qual o game se propunha. Os carros traziam um visual futurista em sua maioria, mas era possível ver no veículo Dirty Devil a clara referência ao Fusca da VW, mas não só os carros, as pistas também são muito bem construídas e o ambiente dos planetas é muito bem retratado nelas. Os pilotos apesar de aparecerem apenas em fotos de rosto tem todo estilo de bandas clássicas de rock combinado com diversos elementos pra deixá-los com aparência de alienígenas e os menus são simples e bem feitos deixando tudo visualmente adequado. Eu acho os gráficos de Rock'n Roll Racing muito bons tanto pra sua época quanto pro SNES em geral e não me lembro de ter jogado um game de corrida com visão isométrica tão bem trabalhado quanto ele...
Mas com tanta fama que esse game tem ele deveria ter uma jogabilidade boa certo? Mais ou menos... Os controles dele são muito bons e respondem perfeitamente aos comandos inseridos pelo jogador mas primeiro você deve pegar o "jeito" de manejar os controles pra poder correr, atirar, colocar minas terrestres e usar um nitro tudo ao mesmo tempo. Rock'n Roll Racing não tem freios em nenhum dos casos, mas você tem que saber fazer as curvas sem bater nas laterais da pista senão você perde velocidade e acaba perdendo a corrida. O game oferece pra você três níveis de dificuldade sendo eles Rookie (Easy), Veteran (Medium ou Normal) e Warrior (Hard e onde tem graça jogar kkkk) e isso influi muito na IA dos oponentes controlados pela CPU, eles ficam mais rápidos, atacam mais e ainda usam mais nitros ou minas terrestres. O fato de você ter um armamento disponível nas corridas contribui e muito pra diversão desse game já que se você não consegue simplesmente ultrapassar seu oponente você pode mandá-lo pelos ares, mas preste atenção, pois ele vai tentar o mesmo com você. Embora as pistas ofereçam laterais elevadas ainda é possível sair do percurso caindo da pista, e isso faz com que você exploda na hora, mas você será recolocado no percurso. Pra todo esse material de destruição seu carro possui HP que ao se esgotar faz com que seu carro exploda, mas é possível recuperá-lo pegando itens espalhados pelas pistas. O legal de Rock'n Roll Racing é que tudo o que você faz se aplica aos inimigos então não vai ser como em alguns games de corrida famosos (Top Gear por exemplo) onde os oponentes não batem e não se atingem. E sabe do que mais, dá pra jogar com 2 players e isso deixa a diversão dobrada afinal você pode descarregar seus mísseis no seu amigo também. Além de tudo isso você pode comprar novos carros à medida que avança e também vai poder melhorar os equipamentos dos mesmos, você terá a opção de melhorar motores, pneus, suspensão, lataria e até aumentar a quantidade de mísseis, minas, nitros, e tudo que seu veículo carrega. Você terá 6 planetas pra competir com uma quantidade que varia de 8 pra mais corridas a medida que você avança. Bom... existem muito mais elementos que fazem parte da jogabilidade de Rock'n Roll Racing mas pra listar tudo eu deveria fazer um post mais completo com uma análise dele, mas eu não vou fazer porque o Juan já fez um muito bom aqui no blog. Segue o link SnesTalgia - Rock' N Roll Racing 

Caixa da versão européia
A parte sonora de Rock'n Roll Racing é com certeza um dos pontos mais marcantes do game. Começa logo de cara quando você ouve a música de abertura e lhe passa pela cabeça um "Eu já ouvi isso em algum lugar...". E provavelmente ouviu afinal ela está em alguns filmes que você veria na Sessão da Tarde como O Pestinha ou Exterminador do Futuro 2. O nome dela é Bad to the Bone de autoria de George Thorogood. Mas não é só ela não, outras músicas foram incluídas no game em formato MIDI que eram tocadas pelo chipset de som do SNES e mesmo não tendo a mesma qualidade da original (o que era de se esperar né...) são ótimas. A lista de músicas que aparecem no game é a seguinte:
  • Bad to the Bone (George Thorogood)
  • Paranoid (Black Sabath)
  • The Peter Gunn Theme (Henry Mancini)
  • Highway Star (Deep Purple)
  • Born to be Wild (Steppenwolf)
Mas além destas pérolas na trilha sonora Rock'N Roll Racing conta com uma narração épica feita por Loudmouth Larry (Larry "Supermouth Huffman) que nos mantinha informados sobre os acontecimentos durante a corrida com frases que ficavam na sua mente. E nos efeitos sonoros só não contávamos com som dos motores dos carros porque tinha som de tiro, de explosão, de nitro sendo usado, etc. Podemos dizer com certeza que a parte sonora de Rock'N Roll Racing é parte fundamental do seu charme. Pra muitos é o que mais se destaca no game.
Agora fique com umas imagens e vídeos desta pérola.

Tela de título
Escolha seu piloto
Compre um carro
Corra e destrua seus adversários
Ganhe pontos e dinheiro
Viaje pra outros planetas


Um pouquinho de gameplay simples


E um pouquinho de spoiler (pra quem não viu) com o final do game



CONCLUSÃO

Rock' N Roll Racing fez muito bem o seu papel de bom game de SNES e foi um dos poucos games que eu vi agradar diversas gerações de gamers e mesmo alguns que não curtiam video games passaram a curtir por causa dele. Eu não sei quem foi o gênio que teve a ideia de acrescentar os elementos de rock no final do processo de desenvolvimento do game, mas esse cara merece um prêmio (se não ganhou algum). Como eu sempre digo esse é um game que vale a pena ter na sua coleção de cartuchos de SNES e também de se ter a ROM pra jogar no emulador, seja sozinho ou com os amigos esse vai ser diversão garantida. Eu deveria fazer uma análise bem mais completa sobre ele um dia, quem sabe... Mas uma coisa eu digo. Se você não conhece Rock' N Roll Racing..... YOU'RE IN ANOTHER FIND ZONE!! kkkkkkkkkkkkkkk

DOWNLOADS

Manual Orignal: DOWNLOAD
Rock' N Roll Racing (EUA): DOWNLOAD
Rock' N Roll Racing (Japão): DOWNLOAD
Rock' N Roll Racing (Europa): DOWNLOAD

NOTA: Toda ROM de SNES precisa de um emulador pra funcionar. Se você não tem um, nós temos um emulador e tutorial de configuração prontos NESSE LINK

RENASCENDO NAS MÃOS DE FÃS (LET THE CARNAGE RESTART!! HEHE)


Rock'N Roll Racing só teve um único remake e foi graças a fãs nostálgicos, mas antes de falarmos melhor sobre ele vamos mostrar os dados...

Nome:Motor Rock 
Gênero:Corrida
Desenvolvido por:Yard Team
Publicado por:Yard Team
Game ID e Data de Lançamento:16/12/2013 (Global)
Modos de jogo:Single/Multi Player
Mídia:Download

Ahhhh se fosse oficial.....
Tudo começou quando um grupo de pessoas russas, fãs do game original tiveram a maravilhosa ideia de recriar o game original com gráficos e som melhorados. Os caras se denominaram Yard Team e com isso iniciaram a produção de Rock'N Roll Racing 3D. O desenvolvimento teve início em junho de 2009 e os desenvolvedores até tentaram conseguir o apoio da Blizzard, pra evitar problemas de copyright, mas foi em vão, pois a empresa se negou a ceder direitos ou a produzir um remake do game. Mesmo assim o projeto continuou como game Indie e em dezembro de 2013 (presentão de Natal heim) o game foi lançado com o nome de Motor Rock e a princípio distribuído na plataforma de games da Steam, mas foi retirado apenas 6 dias depois de seu lançamento por conta de reclamações de direitos autorais por parte da Blizzard... Uma curiosidade é que nestes 6 dias de Steam o game atingiu a marca de 10 mil downloads.
Inclusive temos um artigo falando um pouco mais sobre esse remake aqui no blog, mas que foi feito também antes do lançamento. Se quiser dar uma conferida segue o link Rock' N Roll Racing 3D
Ao que parece o game segue não só como um remake, mas também como uma espécie de continuação, logo no início tem uma cutscene descrevendo o que parece ser a história por trás do game. Essa envolve uma espécie de investigação sobre o misterioso desaparecimento de grandes pilotos... Não sei até onde esta história se extende afinal não cheguei a jogar o game ainda, mas é interessante ter um enredo pra justificar toda a emoção das corridas. 
Você chega na loja de games
e volta pra casa com uma dessas...
Nos gráficos você vai logo perceber a diferença, o game ganhou visual totalmente poligonal e um acabamento muito bonito, agora você tem inclusive a capacidade de mudar a visão de isométrica pra uma de trás do carro, deixando o game com um estilo de game de corrida tradicional... Também temos efeitos mais legais para as armas e explosões, além é claro de menus e telas de apresentação redesenhadas. O game pode não estar a par dos grandes títulos de corrida das gerações mais atuais de consoles, mas pra um game indie tá fantástico, o visual final faz com que o game se torne muito mais atrativo, mas de maneira removeu o que o game original tinha de bom.
Na jogabilidade temos a mesma fórmula de sucesso usada nos gráficos, acrescentaram armas, carros, pilotos novos, mas não mantiveram tudo o que fazia o sucesso do game original. Ao que parece agora você pode usar um arsenal maior no decorrer da corrida e pra personalizar seu carro temos mais opções de cores disponíveis. Já na dificuldade tem gente que diz que o game ficou bem hardcore, jogar nas dificuldades avançadas dá um bom trabalho pra quem gosta de um desafio. Se você estiver acompanhando o Juan jogando vai ver que ele fala a respeito da dificuldade do game. Uma outra novidade é que você pode editar as pistas do game com um editor simples presente no game e montar suas próprias experiências com Motor Rock. Com relação ao multiplayer, agora é possível jogar via LAN ou Online com até 4 jogadores mas cada um na sua máquina.
Mas e o som? Aquela parte que já era destaque no original? Como ficou? Bem... Essa parte.... Ficou uma maravilha!! Você agora conta com 15 músicas (10 a mais que o game original) que ao invés de serem as MIDIs tocadas com o chipset de som igual ao game original, são as músicas originais cantadas. E agora você conta também com a possibilidade de adicionar suas próprias músicas pra ouvir durante as corridas, apesar de isso ser muito bom me dá um pouco de medo de um funkeiro jogar e colocar uns funks pra tocar... kkkkkkkkkkkkkkk os efeitos sonoros também tiveram uma grande melhora pra se adaptar ao novo visual do game. E a narração era pra ter sido feita por Larry Huffman, mas problemas com a Blizzard fizeram com que isso fosse alterado, mesmo assim o novo narrador, que agora pode ser ouvido em inglês ou russo e novas falas, além das clássicas estão presentes. ( Juan aqui para dar um pitaco...) Na verdade, além Larry Huffman que foi retirado do game, também houve outro narrador que era um dos produtores do game, era notório ser uma pessoa jovem, pelo menos era isso que a voz passava, mas esse também foi retirado e colocado uma voz mais sombria no lugar, na verdade é o mesmo cara com a voz modificada, mas ficou bem melhor assim, digo que melhor até que a do Larry, pois o Larry não falava o que acontecia em tempo real e sim falava as mesmas coisas do primeiro RRR, ou seja, pegaram uma gravação do primeiro jogo e colocaram aqui, e por isso deu treta com os direitos autorais e isso foi vacilo demais por parte dos desenvolvedores... ( Juan terminando o pitaco 0/ continua ai Soterio)
Bom fique agora com algumas imagens e vídeos de gameplay deste belo remake. 

Tela de Título
Escolha seu piloto

Relembre os carros clássicos
A visão isométrica
E o novo modo de visão que dá um belo show visual
E as novas armas não economizam no poder destrutivo
Um pouquinho de gameplay básico pra mostrar o game


E a alegria do Juan quando o game finalmente foi lançado



CONCLUSÃO

Motor Rock trouxe de volta pra nós tudo o que gostávamos em Rock' N Roll Racing, mas acrescentou novos elementos e renovou seu visual de maneira muito bem feita. Se considerarmos que este foi um game feito por fãs com um orçamento relativamente baixo podemos observar que os resultados foram mais que satisfatórios. Uma pena a Blizzard não ter dado o devido valor ao projeto e terem eles mesmos dado continuidade pra um remake oficial... Mas mesmo assim vamos continuar recomendando Motor Rock pra você matar a saudade do clássico dos 16 bits.

DOWNLOADS

Motor Rock v1.2: DOWNLOAD

NOTA: Como se trata de um game pra PC, são necessários requisitos mínimos de hardware pra que ele rode normalmente. No site do desenvolvedor você pode checar estes requisitos, basta clicar NESSE LINK

OUTRAS VERSÕES E PORTS

Sega Mega Drive


No ano seguinte ao lançamento do game original o principal concorrente do SNES, o Mega Drive ganhou uma versão de Rock' N Roll Racing, mas os seguistas que me perdoem, o game não chega aos pés do SNES nem a pau.. Tanto em gráficos quanto na jogabilidade o game estava atrás do SNES e na trilha sonora ele tropeçou feio no maior defeito do Mega Drive que era o chip de som binário... As músicas eram muito inferiores e um defeito grave tornava o áudio intragável nesta versão. Toda vez que o Larry precisava falar algo a música pausava... Isso mesmo... A única vantagem real que o game tinha em relação ao SNES é uma música exclusiva, a Radar Love da banda Golden Eearring. Na verdade esse game no Mega foi muito do mal feito, pois o console é capaz de fazer muito mais do que isso. Abaixo você confere um vídeo dessa versão.


Gameboy Advance


Em 2003 um port para o portátil da Nintendo foi lançado. No geral é o mesmo game do SNES, mas agora ele permite salvar o game ao invés de usar Passwords. Os gráficos ficaram com cores um pouco mais lavadas por conta da tela do GBA, mas mantiveram bem seu visual e a parte sonora que não é muito boa no GBA fez um excelente trabalho mantendo a qualidade de som do game original. O maior defeito desta versão pra muita gente fica por conta do controle que parece ter ficado menos responsivo na versão do portátil.



Playstation e o Red Asphalt


Uma continuação de Rock' N Roll Racing batizada de Red Asphalt foi lançada em 1997 para o console da Sony, este game tentava manter alguns elementos do original e acrescentou algumas coisas como evoluir as habilidades do piloto como em um RPG. O visual até que é bom graficamente falando e o game não é ruim... Mas não merece ser mencionado como uma continuação do grande game que foi Rock' N Roll Racing. Um dos elementos que dava destaque ao original que era sua trilha sonora regada a rock agora conta com uma mistura de música eletrônica... Isso mesmo... A narração épica de Larry Huffman já era... Então considere este como um outro game e não misture ele com o original.... Abaixo fica um vídeo e o link pra baixar ele.


Faça o download do Red Asphalt clicando NESSE LINK

CURIOSIDADES

  • R.C. Pro-AM é um game de 1988 desenvolvido pela RARE (aquela de Donkey Kong Country, Battletoads, Banjo-Kazooie, Killer Instinct (só jogão)) de corrida que usava a visão isométrica. O visual dele provavelmente serviu de inspiração pra criação de Rock' N Roll Racing. Veja um vídeo abaixo 


  • RPM Racing foi o primeiro game da parceria Interplay e Silicon & Synapse, lançado em 1991 pro SNES e também usava a visão isométrica. Na verdade Rock' N Roll Racing era pra ser apenas uma continuação desse game, mas algum gênio teve a brilhante ideia de mudar tudo no estágio final de produção e o resultado rendeu muito mais do que o esperado. Confira um vídeo abaixo.
  • Rock' N Roll Racing recebeu da EGM (Electronic Gaming Monthly), uma revista de games norte americana, o título de melhor game de corrida do ano de 1993 (prêmio merecido).
  • Olaf o viking do planeta Valhalla é um personagem do game Lost Vikings, lançado em 1992 pela mesma parceria da Silicon & Synapse com a Interplay pra diversos consoles e computadores domésticos. Abaixo olha o vídeo onde o Olaf aparece à direita na tela de título. Aliás essa tela de título lembra e muito a do game que estamos discutindo no post...


CONCLUSÃO FINAL

Rock' N Roll racing fez sua fama não só como game, mas também por fazer muitas crianças gostarem de rock e também por fazer alguns tiozinhos que gostavam de rock se aproximarem dos vídeo games. Lembro-me que sempre tinha algum deles jogando o game numa das locadoras da época. Alguns foram mais além e aprenderam a apreciar vídeo game, mas nunca deixaram a paixão por este game de lado. E o mesmo se aplica a muitos que tiveram a oportunidade de jogar o game nos anos 90 no SNES. Um remake de Rock' N Roll Racing não seria bem vindo se o game não fosse tão bem lembrado pela geração que o ama. Então com estas últimas linhas eu digo. Se você não jogou, jogue. Se já jogou, jogue de novo. Afinal ele merece. E se quiser jogue o remake também vale a pena.

Bom... Eu fico por aqui e digo que o próximo post desta série vai trazer uma pequena decepção aos fãs então fiquem de olho e até a próxima. o/
Ajude o autor e curta essa postagem clicando em um ou mais dos botões de redes sociais abaixo e se possível se inscreva no nosso canal do Youtube.

14 comentários:

  1. Dahora mano, prevejo que em pouco tempo este artigo vai virar vídeo pro teu canal. Sobre a versão de Mega, é isso mesmo que você disse: ele foi feito de qualquer jeito, dava pra sair coisa muito melhor de lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o Juan colocar isso em vídeo ele vai ter texto pra uma série.
      E sobre a versão de Mega Drive, é isso mesmo, os caras querem o dinheiro então cagam o game de qualquer jeito, e os fãs tem de se contentar com isso. :-\

      Excluir
    2. Com toda certeza vai virar vídeo manolos aguardem =)

      Excluir
  2. Muito bom cara, só faltou citar sobre um hack para Mega drive que ta voando pela rede ai, mas de boa. O "Motor rock" eu ainda nem vi qual é que é, o "Red asphalt" era pra levar o nome "Rock'n'roll racing 2", e a ideia era manter o visual do anterior, mas com "frita", mas não sei que raios deu nos caras para deixar do jeito que ficou.

    Valeu !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... Eu tinha lido sobre o hack pra Mega Drive mas achei melhor não incluir porque no fim das contas é o mesmo game com modificações e não um remake ou algo do gênero. Sobre o Red Asphalt acho que deve ter rolado disputa por direitos autorais e o resultado foi o que vemos.

      Excluir
  3. Muito bom o artigo de um jogo incrível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado... e sim o game é incrível.

      Excluir
  4. Ótimo artigo! Tem conteúdo de sobra para fazer um(ou mais) vídeo sensacional.
    Rock'n Roll Racing foi o jogo que me apresentou ao estilo musical que veio a se tornar o meu preferido, por isso também, foi muito marcante.
    Sempre que ia até a locadora, ficava em dúvida entre alugar Rock'n Roll Racing e Biker Mice from Mars...XD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A duvida era cruel heim hehe os dois são muito bons

      Excluir
    2. Sobre o vídeo eu passo a bola pro Juan que é o cara dos vídeos. Mas é fato que muitos de nós fomos apresentados ao bom Rock graças a esse game. E Biker Mice From Mars é outro ótimo game de SNES que eu joguei muito.... Saudades desses tempos com os amigos disputando....

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Hahahahaha não tenho coragem de aparecer.... Prefiro escrever porque assim compartilho meu conhecimento e experiências sem me expor demais....

      Excluir
    5. Realmente cruel, eu olhava para um, olhava para o outro e ficava pensando, até alguém gritar dizendo para ir logo.

      É verdade! O tempo onde os contras eram lado a lado, nostalgia pura! Soterio, não pensa em fazer vídeos também?

      Excluir
    6. É, eu também sou extremamente tímido, comecei a fazer vídeos, porém não apareço, apenas voz e o game ao fundo. No primeiro vídeo tive vergonha até de gravar a voz. Ahaha

      Excluir

*Se gostou do post comente, sua opinião é muito importante.
*Comentários com links ou palavrões serão excluídos.

 

Seguidores