Ads 468x60px

Link list 2

AddThis

27 de dezembro de 2017

0

Análise Blossom Tales The Sleeping King - Nintendo Switch

Faz pouco mais de um mês que peguei meu Nintendo Switch e o pessoal já está achando que o Dom juanito aqui é nova geração, mas fica muito difícil deixar de ser retrogamer com os jogos que o Switch está recebendo, bem, claro que tem recebido bons jogos como Doom, Skyrin, FIFA 18, Dragon Ball Xenoverse, mas cá entre nós esses jogos não me chamam muita atenção, pois o que eu gosto mesmo é de Super Nintendo, 16bits \0/, e quando vejo jogos com esse estilo no Switão, haa eu já fico maluco, vocês provavelmente perceberam isso no vídeo que falei sobre o RPG raiz da square e gente aconteceu de novo, temos outro jogo novo que é totalmente inspirado nas obras de arte do Super Nintendo e dessa vez é o Blossom Tales The Sleeping King, desde já agradeço a FDG-Entertainmente e a Castle Pixel por disponibilizarem a key para esse jogo, sem mais delongas Clique em CONTINUE LENDO e bora conhecer Blossom Tales um linda homenagem para Zelda, no final do post ou NESSE LINK tem o vídeo Review para quem prefere assistir e não ler👀 .


The legendo f Zelda a Link to The Past é um dos melhores jogos de Super Nintendo sem duvidas e marcou toda uma geração, por isso posteriormente muitos jogos foram inspirados no game isso lá nos anos 90, mas vejam só vocês, estamos em 2017 e ainda hoje são lançados jogos inspirados no Zelda a link to the past e esse é o Blossom Tales um jogo indie que já tinha sido lançado pra PC e agora está chegando no Nintendo Switch no melhor estilo 2D 16 bits, mas não pensem que Blossom é uma cópia descarada não, pois o jogo tem seu charme e suas particularidades começando pela história onde game inicia com duas crianças fofinhas pedindo para o seu avô contar uma história, cansadas de ouvir sempre as mesmas histórias elas pedem algo novo e o velho então inicia a história do reino de Blossom, o que é acharam que Blossom era o nome da heroína?

Não afinal Zelda não é o nome do herói, aqui a personagem principal é a Lily que sonha em se tornar cavaleira e o tão sonhado dia havia chegado, mas o um feiticeiro malvado jogou uma maldição no rei que fez ele dormir e perder o domínio do reino, nossa missão é encontrar os ingredientes necessários para fazer um antidoto para salvar o rei, o problema é que os ingredientes encontram-se escondidos em diferentes masmorras e esse é o desafio do game desbravar os mais diferentes e perigosos mundos em busca da cura para o rei, tudo fica com cara de assustador já que estamos no corpo de uma garotinha, que sim é fofa, mas demonstra sua força e determinação conforme a jogatina avança.
O jogo é muito nostálgico e por diversas vezes você vai se sentir jogando um super Nintendo, a arte em pixel foi muito bem trabalhada o visual do game é suave e cativante podendo tanto agradar os amantes antigos de Zelda como conquistar novos fãs, cada mundo do game vai ter sua própria característica, isso bom para não deixar nada muito repetitivo até porque o game não é tão longo e mesmo com a simplicidade dos cenários alguns podem nos surpreender pelo capricho, acho que só alguns sprites de personagens poderiam ser mais trabalhados, mas pelo menos os cenários são nota 10.



A trilha sonora é um dos pontos mais altos do game e é onde percebemos com mais clareza toda Zelda , em alguns casos é super evidente a inspiração para musicas que combinam perfeitamente com cada situação do jogo.
A jogabilidade é muito boa até porque é muito parecida com Zelda, mas acho que os combates em tempo real são mais dinâmicos e até mais interessantes pois temos que usar bem a estratégia em alguns casos, os puzzles do game vão ficando mais difíceis de forma gradual de tal forma que os fãs das antigas vão amar e os novatos vão sentir na pele a dificuldade do raciocínio lógico, mas fiquem tranquilos não é nada de outro mundo.

O que vou dizer agora é meio contraditório, mas acho que vão entender, os mundos do game são grandes e é legal explorar para descobrir segredos, mas mesmo com stages grandes o game é curto entendeu? é grande mais curto? Há vocês entenderam talvez nem seja tão curto pode ser eu que tinha mais expectativas, a forma como a história é contada é muito boa e isso vai te prender no jogo, mas o que me prende mesmo é entrar na casa das pessoas e sair quebrando tudo para ver o que consigo encontrar nos vasos e cadeiras, sério eu piro com isso.
CONSIDERAÇÕES FINAIS E AVALIAÇÃO
Enfim Blossom Tales é muito mais que um jogo inspirado em Zelda, ele tem carisma suficiente para receber um continuação e quem sabe virar um franquia de sucesso, nota 8 com louvor, poderia dar uma nota ainda maior se o mesmo tivesse legendas em português o que não tem e pode afastar algumas pessoas do jogo.




  • Personagens carismáticos;
  • Ambientação Linda;
  • Ótimas Músicas;
  • Nostálgico

  • Alguns Sprites não são legais;
  • Falta legendas em português;
  • Não tem diferenças em relação ao jogo de PC;
E ai o que acharam do game? Comentem ai e já aproveita para deixar o like compartilhar abaixo o vídeo do canal para quem quiser assistir.

E quem quiser apoiar o canal vejam nossa campanha no apoiase e patreon, todos os apoiadores concorrem a jogos todos os meses, é isso ai cambada, sou dom juanito e até a próxima snestalgia.

Ajude o autor e curta essa postagem clicando em um ou mais dos botões de redes sociais abaixo e se possível se inscreva no nosso canal do Youtube.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

*Se gostou do post comente, sua opinião é muito importante.
*Comentários com links ou palavrões serão excluídos.

 

Seguidores